domingo, 12 de maio de 2013

À peruana

Nicolas De Largillière: Estudo de mãos.


Cortei os pulsos
sem querer
preparando o ceviche.
Ficou uma delícia!




 

6 comentários:

  1. Excelente! Arrasou!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, como consegue unir tragédia e humor? Fascinante, belo poema.

    ResponderExcluir
  3. Rsrsrsrrsr, esse mote e o título, adorei.

    ResponderExcluir
  4. Estou adorando os poemas, Andréia!! Parabéns!!!!!!!!

    ResponderExcluir