quarta-feira, 26 de outubro de 2016

amor ao nada

os melhores amores foram os impossíveis

cê, áureo rancho irretocável
gê, herói astuto estratosférico
pê, peregrino entre planetas

desses, nada a declarar
nenhum erro a refazer
nem perdão a pedir

só a memória do amor imaginário
a sombra da rua não cruzada
o olhar cortado

o leve o perfeito o polido o lindo nada

3 comentários: